27/02/2020 às 08h48min - Atualizada em 27/02/2020 às 08h48min

Tereré e narguilé podem espalhar coronavírus em MS

Tereré e narguilé podem espalhar coronavírus em MS

Com a confirmação do primeiro caso de coronavírus no Brasil e com a investigação de um caso suspeito em MS, alguns hábitos do sul-mato-grossenses podem colocar a saúde em risco. Diante do perigo do novo vírus, o Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, recomendou o fim das tradicionais rodas de tereré. O hábito de fumar narguilé também se torna um risco.

Em entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (26), Mandetta confirmou o primeiro caso do novo coronavírus no Brasil e ainda alertou sobre o hábito de compartilhar bomba ao tomar tereré ou chimarrão. “Aquilo dali é um instrumento de compartilhamento e passagem de substâncias orais. É um vírus salivar”.

Em Mato Grosso do Sul, é comum a formação das rodas de tereré. Amigos se reúnem para conversar e a bomba do tereré passa de boca em boca. A tradição que parecia inofensiva, deve estra com dias contados diante do risco da transmissão do vírus que já matou 2,7 mil pessoas só na China.

Midiamax

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Envie Matéria pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp