03/10/2019 às 12h15min - Atualizada em 03/10/2019 às 12h15min

Ao visitar sede do CPA-3 jovem emociona a todos com seus sonhos e sua história de vida.

Ao visitar sede do CPA-3 jovem emociona a todos com seus sonhos e sua história de vida.

Ao visitar sede do CPA-3 jovem emociona a todos com seus sonhos e sua história de vida.

Hoje em dia nos encontros de família e reunião de amigos, se tornou comum conversas relacionadas a política, economia e os rumos da justiça. Entre um assunto e outro, é quase consenso a ideia de que, atualmente, a honestidade não é mais como era antigamente, muito comum escutar coisas do tipo: “na época de nossos avós...” ou “no tempo em que o fio do bigode valia mais que uma assinatura em contrato”.

Tempos atrás, nas rodas de tereré da vida, entre uma conversa e outra, foi muito comentada a notícia que certa pessoa encontrou uma carteira com dinheiro junto de uma conta de energia elétrica com aviso de corte? As pessoas mencionavam que, neste caso, havia duas opções: ¹ficar com dinheiro e jogar fora a carteira e seu conteúdo, ou, ²pagar a conta e encontrar o dono (ele ficou com a segunda opção e, por isso, virou notícia). Pois bem, a história que trouxemos é um desses exemplos que serve de inspiração e reflexão a todos nós, em especial aos nossos jovens.

Era uma manhã como outra qualquer na sede do Comando de Policiamento de Área 3 (CPA-3) em Aquidauana. Os policiais militares realizavam seus afazeres quando, em dado momento, um rapaz franzino, tímido, meio desconsertado e sem jeito bateu à porta pedindo licença para entrar!

Com mais idade do que aparenta ter, num esforço sobre-humano para vencer a timidez, o rapaz de maneira muito respeitosamente se apresentou: “meu nome é Lucas, tenho 17 anos e sou de uma família muito simples. Estou estudando e meu sonho é ter minha própria moto, mas aprendi muito cedo que lei foi feita pra ser cumprida e, por isso, antes de conquistar minha moto devo pensar na minha Carteira de Habilitação, por isso, resolvi trabalhar de engraxate. Só assim vou conseguir dinheiro para pagar por minha habilitação!” – explicou ele.

Ao tempo que todos pararam tudo e ficaram estáticos escutando o rapaz, ao final ficaram tão entusiasmados – com o espirito de luta do jovem Lucas – que levaram ele a cada uma das repartições do quartel, ajudando a distribuir os cartões de visita aos outros colegas.


É uma história de sonhos, de luta por um objetivo e isso conquistou nosso respeito e admiração. Quando a gente pensa um pouquinho, percebemos que com a chegada da internet, das redes sociais e com a informação correndo o mundo em segundos, se tornou comum a figura de jovens imediatistas que, na maioria das vezes, não conseguem se programar, nem se organizar! Lucas está seguindo o caminho oposto a tudo isso, é organizado, tem força de vontade, planeja um passo de cada vez e temos de valorizar pessoas como ele, pois são cada vez mais raras hoje em dia” – elogiou a Cabo Bruna enquanto Lucas brilhava seu coturno.

Assessoria de Comunicação Social, CPA-3.

 

Publicado por: Sgt Silgueirov


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Envie Matéria pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp