23/09/2020 às 18h21min - Atualizada em 23/09/2020 às 18h21min

Mesmo com fim da greve, Correios mantém mutirão de entrega no fim de semana

Para evitar mais atrasos nas entregas, empresa irá manter os mutirões até recompor “índice de eficiência”

(Foto: Agência Brasil)

Com efetivo operando normalmente nesta quarta-feira (23), os  irão manter os mutirões de entrega nos fins de semana para amenizar os atrasos, em  e em outros estados, por conta da paralisação de mais de 30 dias no país.

De acordo com a estatal, o  será mantido nos fins de semana e feriados, até que o padrão de entregas esteja normalizado. Em nota, os  informaram que com a compensação de horas, determinada pelo TST (Tribunal Superior do Trabalho), a empresa terá a capacidade operacional ampliada para que possa normalizar o fluxo de entregas de cartas e encomendas o mais rápido possível.

“A estatal agora empreende todos os esforços para recompor os índices de eficiência dos produtos e serviços, considerados essenciais, nesse momento em que a população brasileira mais precisa. A empresa não fornece dados segmentados da operação porque essas informações variam constantemente”, esclarece a nota


No Estado, cerca de 1,3 mil trabalhadores estão efetivados na estatal, sendo 600 só em Campo Grande. A paralisação tinha objetivo de pedir reajuste salarial de 5%, aumento de benefícios e fim da privatização.

O TST decidiu, nesta terça-feira (22), suspender a greve e conceder reajuste de 2,6%. A maior parte dos magistrados entenderam que a paralisação não foi abusiva, por isso, metade dos dias serão descontados em folha de pagamento e a outra metade serão compensados.

Caso os trabalhadores não retornassem ao posto de trabalho, as entidades representativas da categoria iriam ser multadas em R$ 100 mil por dia.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Envie Matéria pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp